Santificação não produz justificação

Como sempre digo, justificação produz santificação, mas santificação não pode produzir justificação (Ef 2:8; Rm 3:20, 28). Se assim fosse, fatalmente seria justificação também pelas obras (Rm 11:6). Todavia, a justificação realiza pelo homem o que ele não pode realizar por ele mesmo, mas a outra realidade é que a justificação não pode realizar no homem aquilo que ele não deseja que seja realizado. É fato que Jesus, através dos seus méritos, deseja remir o homem da perdição eterna, mas também do caos do pecado e, para isto, Ele realiza tanto o querer quanto o efetuar na vida do arrependido (Fl 2:13) - o que chamamos de santificação "sem a qual ninguém verá o Senhor" (Hb 12:14). Este processo não é agradável, pois mesmo com amor  "o Senhor corrige o que ama, e açoita a qualquer que recebe por filho. Se suportais a correção, Deus vos trata como filhos; porque, que filho há a quem o pai não corrija? (Hb 12:6,7). 

Como ler o livro de Mateus? O preparo para ensinar

Mateus não dividiu seu evangelho em versos ou capítulos, e nenhum de seus contemporâneos dividiu os seus escritos. Às vezes, os autores antigos indicavam “seções” usando repetições. Os textos que analisaremos repetem três verbos diferentes (διδάσκω, κηρύσσω e θεραπεύω) e vários substantivos distintos que juntos revelam como devemos, por exemplo, ler Mateus 4:23–11:1. Devemos prestar atenção a esses verbos e substantivos. Em Mateus 4:23, observe como Mateus descreve a missão de Jesus com três particípios presentes, utilizados para tornar vívidos diante de nossos olhos o que Jesus está realizando e ao mesmo tempo nos ensinando:

Relações perigosas: cultura pop, evangelho e contextualização

Para iniciar a reflexão, quero mencionar um vídeo do pastor Cláudio Duarte sobre o Rei Leão. O pregador, conhecido por sua veia humorística, desta vez protagoniza uma reflexão minimalista calcada na história do desenho de 1994, que ganhou uma recente versão live action. O vídeo chegou ao meu WhattApp. Respondi ao remetente que entendia perfeitamente por que muitos evangélicos produzem esse tipo de conteúdo, procurando pelo espiritual em ovo cinematográfico. Entretanto, propor aplicações espirituais a partir de mídias seculares é incabível para adventistas. Entenda o porquê.

Achismo versos Bíblia? Leandro quadros é questionado por explicar corretamente a Bíblia.



Está se espalhando pela internet esta gravura com retórica sem crivo hermenêutico. Portanto, abaixo, estou inserindo o esclarecimento a respeito do texto usado pela pessoa que elaborou a tal figura. Creio que ajudará a sanar qualquer dúvida quanto a fala do amigo de ministério Leandro Quadros.

Paleontologia reforça visão bíblica da criação do mundo

A partir da análise de fósseis de animais e plantas, pesquisadores têm encontrado evidências que se harmonizam com a Bíblia. Há décadas, o avanço dos instrumentos de análise e datação tem colaborado para que pesquisadores compreendam detalhes sobre a própria história da Terra. E parte desse conteúdo é encontrados em fósseis, que preservam informações e ajudam a ampliar o entendimento sobre as formas de vida que habitaram o planeta nos últimos milênios. Uma das áreas que tem contribuído com respostas sobre o tema é a paleontologia, que analisa animais e plantas preservados nas rochas.

Carta de Ellen White é descoberta nos Estados Unidos

Pesquisadores confirmaram a autenticidade do documento, de 1882, direcionado a um missionário adventista. Uma carta anteriormente não documentada escrita por Ellen G. White, cofundadora da Igreja Adventista do Sétimo Dia, foi descoberta nos arquivos do Pacific Union College (PUC, na sigla em inglês), nos Estados Unidos. No final de janeiro deste ano, vários estudiosos a revisaram e confirmaram que o documento incompleto estava de fato na caligrafia de Ellen White. “A julgar pela agitação acadêmica que se seguiu, eu diria que é uma descoberta histórica significativa”, destaca Katherine Van Arsdale, arquivista oficial da PUC e descobridora do documento.

O Evangelho eterno de Deus: Três mensagens angélicas - Lição 10 da ES