EUA - UMA NAÇÃO PROFÉTICA - Independente de quem ganhe para presidente

video

A identidade de um país que se julga ser messiânico está enraizada em todas as crenças, valores e princípíos Norte Americano. Obama tem sido para alguns americanos como um libertador. O impressionante é que mesmo em outros países Obama tem sido identificado como um salvador para os EUA e para o MUNDO. Prova? Sim, a prova foi a forma como o mundo festejou com sua vitória.

Até parece que os EUA são o mundo e o mundo são os EUA. Parece que todos no planeta tem um pouquinho de Norte Americano dentro de si. Obama se apresenta como um ser carismático e ecumênico. Tudo isso é essencial para unir povos em torno de uma NOVA ORDEM MUNDIAL, que está inclusive inserida na nota de um dólar. Que nova ordem seria essa? Parece que a cada tempo as estruturas dessa nova ordem vão tomando um novo rumo. Para nós adventistas do sétimo dia, essa nova ordem das coisas significará o domínio total e absoluto da religião munido da força do estado. Vamos agora fazer uma viagem pelos textos bíblicos proféticos que apresentam essa idéia claramente:

"E vi subir da terra outra besta, e tinha dois chifres semelhantes aos de um cordeiro; e falava como dragão." (Apocalipse 13:11)

Esta besta, diferentemente da primeira, sobe da terra. Mar na profecia significa povos, multidões, nações e linguas (Apoc. 17:15). Se mar significa multidão de gentes, terra significaria o oposto de mar, sendo lugar com pouquíssimas pessoas. Foi assim o surgimento da nação norte americana entre o século XVI e XVII. A região era habitada por índios até o fim do século XV, quando Cristóvão Colombo chegou ao continente.

O texto bíblico ainda diz que esta besta tem sois chifres semelhantes aos de um cordeiro mas que falava como dragão. Chifres na profecia significam poder, governo, autoridade e reino (Apoc. 17:12). Neste contexto é evidente representar os dois poderes nas quais formaram a nação americana como sendo o protestantismo/poder religioso e republicanismo/poder civil. Estes são os alicerces de uma nação poderosa politicamente e religiosamente. Seria semelhante ao cordeiro por ser uma nação de origem e fundamentação cristã.

A profecia ainda diz que esta nação falaria como dragão. Nas profecias, satanás é representado pelo dragão (Apoc. 12:9). Esta nação falará como o dragão (Satanás) quando usar suas forças política-religiosas para exaltar o papado anulando definitivamente a lei de Deus, especificamente o quarto mandamento que honra o criador (Sábado) para impor as leis da igreja através da legislação dominical.

"Foi-lhe concedido também dar fôlego à imagem da besta, para que a imagem da besta falasse, e fizesse que fossem mortos todos os que não adorassem a imagem da besta" (Apocalipse 13:15).

Fôlego na profecia significa vida (Gênesis 2:7). Portanto, seguindo o contexto profético, a besta que sobe da terra interpretada como sendo os EUA, farão que a besta do capítulo 13:1 (Papado) receba novamente a vida que tinha quando vivia em seu regime de perseguição ao povo de Deus no período da idade média, por irem contra as falsas doutrinas da igreja. Sua imagem será restaurada, ou seja, aquilo que o papado fora no passado voltará a ser novamente no futuro. O papado sozinho não tem poder algum, mas e se recebe-se o apoio e força da nação mais poderosa do mundo? O que seria deste poder religioso? Que transformações ocorreriam sobre o planeta? E quanto aos que se opuserem ao papado com seus ensinamentos, o que seria desse povo? Surpreenda-se com a resposta proncunciada pela própria bíblia:

"E fez que a todos, pequenos e grandes, ricos e pobres, livres e escravos, lhes fosse posto um sinal na mão direita, ou na fronte, para que ninguém pudesse comprar ou vender, senão aquele que tivesse o sinal, ou o nome da besta, ou o número do seu nome." (Apocalipse 13:16,17).

1º - Haverá uma imposição, uma obrigatoriedade.
No início do verso 16 diz assim: "...E faz..."

2º - Essa imposição será para todos, independente de religião, credo, fé, valores, raça, tribo, etc.
Na seqüência do verso diz: "...que a todos, pequenos e grandes, ricos e pobres, livres e servos...". Todos, especialmente os ligados ao cristianismo não escaparão dessa imposição.

3º - O que será imposto é um sinal.
Como o Apocalipse é um livro em grande parte simbólico, cheio de alegorias, é importante fazer como temos feito até aqui, buscar respostas dentro da própria Bíblia para compreender o lado literal/real dos símbolos. Entendemos que por motivos muito sábios da parte de Deus, a realidade ficou oculta por trás de símbolos.

Para entender qual será o sinal da besta, faz-se necessário primeiro entender qual é o sinal de Deus. Entendendo do que se trata o sinal de Deus, com extrema facilidade entenderemos qual seria então o sinal da besta.

Em Ezequiel 20:12 nos é dito: "E também lhes dei os meus Sábados, para que servissem de sinal entre mim e eles; para que soubessem que eu sou o Senhor que os santifica."

Leiam novamente e reparem que a Bíblia ensina que o sinal de Deus é o Sábado. Para reforçar leremos também Ezequiel 20:20 que diz:

"E santificai os meus Sábados, e servirão de sinal entre mim e vós, para que saibais que eu sou o Senhor vosso Deus."

Mais uma vez, o texto reforça de maneira absoluta e contundente que o Sábado é um sinal, e este sinal é entre Deus e Seu povo. Este Sinal é o sinal de Deus.

O texto Bíblico de Apocalipse 13:16-17 diz que a besta, que também é simbolizado pelo anticristo, diz que esta besta aparecerá no tempo do fim, e terá um sinal, e que este sinal será imposto a todos. Deus tem um sinal e este sinal é o sábado. A Besta terá um sinal, e este sinal será imposto pelo poder político-religioso dos EUA mais o papado. Sabendo que o sinal de Deus é o sábado, a pergunta que surge é, qual é o sinal da besta?

Analisemos duas questões para descobrir do que se trata o sinal da besta.

1º - O sinal de Deus é um dia da semana, portanto o sinal da besta deve estar ligado também a um dia da semana.

2º - O sinal de Deus é o 7º dia ou o último dia da semana. Portanto o sinal da Besta possivelmente seja o contrário, sendo o primeiro dia da semana.

O sinal de Deus é o Sábado.

Com todo esse raciocínio fica evidente que o sinal da besta seja o domingo. Que outro dia da semana poderia ser o sinal da besta sem ser o domingo? Que outro dia da semana em nossos dias em meio a cristandade, se opõe diretamente ao sinal de Deus que é o sábado como descrito em Ezequiel 20:12 e 20? Que outro dia é tão defendido abertamente pelos homens ao ponto de substituir o sábado dos 10 mandamentos? Que outro dia da semana é colocado diretamente em conflito contra o sábado? É impossível descrever o sinal da besta de outra forma. Sinal de Deus (Sábado) x sinal da Besta (Domingo).

4º - Em Apocalipse 13:16 ainda nos diz que este sinal da besta será colocado na mão direita ou nas frontes, ou testas.

Mão direita, significa Trabalho, obras. Eclesiastes 9:10 diz : "Tudo quanto te vier à mão para fazer, faze-o conforme as tuas forças, porque na sepultura, para onde tu vais, não há obra....". O texto responde com clareza, mãos e obras, trabalhos ,estão ligados dentro do mesmo contexto profético.

Se analisarmos friamente dentro do enredo discursivo do cristianismo veremos como estes versos se encaixam perfeitamente. Alguns, apoiados na Bíblia dizem que é no sábado que devemos nos abster de nossos trabalhos, mas alguns ancorados nos homens e não na Bíblia dizem que é no domingo que devemos parar nossas atividades. Vejam que o sinal da besta está ligado a atividades, trabalhos e obras. Descansar ou não, trabalhar ou não neste dia.

O texto de Apocalipse ainda nos ensina que este sinal será colocado nas frontes. Vejamos o que a Bíblia nos ensina sobre este simbolismo:

"Dou graças a Deus por Jesus Cristo nosso Senhor. Assim que eu mesmo com o entendimento sirvo à lei de Deus, mas com a carne a lei do pecado."Romanos 7:25.

Note: "...com o entendimento (Fronte) sirvo à lei de Deus, mas com a carne a lei do pecado (lei dos homens)."

Embora o texto não use a palavra fronte, fica evidente que esta palavra tenha o significado de entendimento, ou decisão. Hoje é evidenciado pela psicologia moderna que o local na mente onde se processa o entedimento é justamente na região frontal (Lobo Frontal). É nesta região onde se localiza a testa que são tomadas as decisões. É ali que nasce o resultado do processo do raciocínio, ou seja a decisão. É na fronte onde fica o entendimento, o poder de decidir.

O sinal de Deus e da Besta estarão em conflito na mente humana. E receberão o sinal da besta aqueles que rejeitarem o sinal de Deus. Receberão o sinal de Deus aqueles que rejeitarem o sinal da besta. Portanto tudo passará pela mente, mas será eu e vocês que decidiremos (fronte) o que receberemos. Continuar as devidas obras seculares no sábado, rejeitando o sinal de Deus ou continuar as devidas obras seculares no domingo, rejeitando assim o sinal da besta. A decisão estará em nossas mãos, decidir em separar pela fé o Sábado a Deus ou não.

5º - E por último, Apocalipse 13:17. "Para que ninguém possa comprar ou vender, senão aquele que tiver o sinal..."

Aquele que não tiver o sinal da besta, não poderá ter uma vida normal, não poderá ser um cidadão normal, perderá direitos, perderá espaços na sociedade, de compras e vendas, ou seja, de participar ativamente da atividade comercial. Esta será uma maneira de pressionar os que seguem a Bíblia a rejeitar a verdade expressa em sua palavra, de rejeitar o sinal de Deus. De rejeitar a verdade contida em Seus mandamentos. Eles farão de tudo para isolar o povo de Deus de seus direitos comerciais, mas com certeza Deus não deixará seu povo a mercê dos inimigos da verdade. Neste tempo haverá pão e água para os féis, e como refugio, suas moradas serão nas montanhas. Isaias 33:16.

Mesmo com toda esta pressão para aderir ao sinal da besta (domingo) como muitos já fazem hoje em dia, satanás, furioso, chegará ao ponto de levar os homens a odiarem de tal maneira o povo que segue um assim diz o Senhor, que trará o desejo de se necessário exterminá-los da face da terra. O texto diz: Apocalipse 13:15 "...e fizesse que fossem mortos todos os que não adorassem a imagem da besta;", logo após o decreto dominical, entrará em cena o decreto de morte. Morte aos fanáticos, é o que dirão.

Muito em breve cenas assim serão visíveis. Não demorará muito, pois muitas coisas semelhantes já acontecem. Todos os que guardam o sábado como é defendido pela Bíblia, são escandalizados, debochados, ridicularizados. Muitas das igrejas evangélicas já consideram o adventismo como inimigos, e nos tratam assim. Eu mesmo, já fui até agredido por palavras por um pastor pentecostal pelo simples fato de ser sabatista. Mal sabem eles que o domingo nasceu com Roma, foi instituído por imperadores, bispos e papados. A própria igreja católica reconhece que Jesus não autorizou a mudança do sábado para o domingo, e que a igreja mudou pela sua própria autoridade, o princípio dessa mudança foi na data de 7 de março de 321 d.C.

Encerro com o apelo de Sofonias no capítulo 2:1,2 "Congrega-te, sim, congrega-te, ó nação que não tens desejo; antes que saia o decreto, e o dia passe como a pragana; antes que venha sobre vós a ira do Senhor..."

Este é o decreto dominical, essa é a besta que se levantará. Quando esse poder se levantar, simultaneamente cairá sobre este mundo a ira do Senhor. Apocalipse 14:11.

Quem viver verá...