30 novembro 2014

Pedra encontrada confirma existência de Pôncio Pilatos da Bíblia

Pedra Pilatos

Pôncio Pilatos foi o quinto governador da Judéia romana. Foi sob o governo de Pilatos que Jesus foi crucificado (Mt 27.2). Ele foi nomeado pelo imperador Tibério em 26 AD e "retirado do cargo" por Vitélio, governador romano da Síria, em 37 AD, após "abater" alguns samaritanos no Monte Gerizim.

Existem diversas evidências da existência de Pilatos:

- Pilatos é mencionado pelos historiadores Josefo, Filo e Tácitus;
- Foram encontradas moedas cunhadas durante o seu governo;
- Em 1961, foi encontrada, em escavações na Cesaréia, uma pedra dedicatória que confirma a existência de Pilatos. 

Esta última inscrição é considerada uma das Top 10 descobertas arqueológicas bíblicas do século 20. A pedra possui uma inscrição de três linhas:

Tiberieum
[Pon]tius Pilatus
[Praef]ectus Iuda[eae]

Em português:
Tibério [o imperador romano do período]
Pôncio Pilatos
Prefeito da Judéia.

A inscrição não somente confirma a historicidade de Pilatos, mas clarifica o título que ele possuía como governador. A pedra encontra-se em exposição no Museu de Israel em Jerusalém (ver 
aqui).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Outras Postagens semelhantes

Related Posts with Thumbnails