A preparação para a rejeição definitiva do sábado bíblico e a imposição do domingo

video

Via (Diário da Profecia)

Nota Gilberto Theiss: Há movimentos como este em várias partes do planeta. A União Européia cogita leis semelhantes e, nos EUA, onde o movimento em prol do domingo é mais forte, os evangélicos e católicos têm unido forças para a imposição do descanso dominical. Os adventistas pregam há 150 anos que isto ocorreria antes do retorno de Jesus. A lei dominical, a marca/sinal da besta, encontraria seu espaço na sociedade. Quando esta lei definitivamente for assinada, os que rejeitarem, deixarão de ter direitos e uma vida social normal. Qualquer cidadão que se opor ao domingo como dia memorável de descanso trabalhista e religioso, serão considerados inimigos do estado e da maioria das igrejas cristãs. No livro do apocalipse, mais precisamente no capítulo 13:15-17, descreve esta luta. O sinal da besta será imposto e os que não aceitarem não poderão comprar e nem vender. O sinal de Deus é o sábado (Cnf Ezequiel 20:12, 20), portanto, isto significa que, o sinal da  besta deva ser algo contrário ao sinal de Deus, e, isto nos leva diretamente ao domingo. O mais curioso é que, é exatamente desta maneira que está acontecendo em nossos dias. Não é a segunda, terça, quarta, quinta ou sexta que tem afrontado o sábado de Deus, somente o domingo se encaixa perfeitamente nesta descrição. Portanto, isto claramente demonstra que estamos no fim.

Matérias relacionadas: